Os 5 benefícios do 5-HTP

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

 

Já alguma vez ouviste falar na Grifónia? A Griffonia simplicifolia é uma planta africana, cujo constituinte químico mais utilizado é o 5-HTP.

 

O 5-hidroxitriptofano ou 5-HTP é um aminoácido conhecido pelo seu efeito serotoninérgico, ou seja, ajuda-te a potênciar a produção do neurotransmissor serotonina, o neurotransmissor da felicidade 😀 e é rapidamente absorvido no intestino delgado.

A serotonina tem várias funções importantes no sono, apetite, memória, aprendizagem, temperatura corporal, humor, comportamento sexual, função cardiovascular, contrações musculares e regulação endócrina.

Além da serotonina, o 5-HTP também promove a formação no cérebro de outros neurotransmissores como a melatonina, conhecida como o neurotransmissor do sono; as endorfinas, o neurotransmissor da dor; a dopamina, o neurotransmissor do prazer e a norepinefrina, o neurotransmissor da acção. Claro que têm outras funções, mas estas são as que mais se associam a cada neurotransmissor.

Uma vez que a ingestão deste aminoácido está associada a um aumento na produção de vários neurotransmissores, pode ser útil em condições relacionadas com alterações do sistema nervoso, como as dores de cabeça crónicas e a fibromialgia devido à sua acção analgésica.

 

Como deves calcular, é um suplemento muito utilizado em naturopatia no apoio ao tratamento das depressões, insónias, síndrome bipolar e ataques de pânico, além de ser o tratamento nº 1 para os terrores noturnos nas crianças.

 

Apenas as mulheres que apresentem determinados quadros sintomáticos é que são elegíveis para poderem vir a tomar este suplemento. Situações como uma alimentação pobre em triptofano (baixo consumo de alimentos como amendoins, abacates, banas, nozes, entre outros) pode resultar na diminuição da produção de serotonina e melatonina, que estão associados a sintomas de depressão e distúrbios do sono.

 

____________________ 5 benefícios do 5-HTP ____________________

 

✓ Depressão e ansiedade

A investigação aponta para a associação directa entre os níveis de serotonina e a depressão, sendo um dos tipos de depressão aquela que é caracterizada pela deficiência de serotonina.

Ora, nas mulheres com este défice, o 5-HTP ajuda a reduzir a incidência de episódios depressivos e quando comparado, à fluvoxamina, o 5-htp apresenta a mesma eficácia, com a vantagem de produzir efeitos secundários menos graves.

Outros estudos (que podes ver no final do artigo) têm relatado a mesma eficácia do 5-HTP em relação aos antidepressivos tricíclicos.

A melhoria em situações de ansiedade ou pânico também se observa nas mulheres que tomam 5-HTP, devido aos benefícios a nível do sistema nervoso.

 

✓ Insónia

Como o 5-HTP estimula a produção de melatonina, facilmente o associamos à melhoria da nossa qualidade de sono, o que é extremamente importante para um funcionamento cognitivo óptimo.

 

✓ Diminuição da gordura corporal

O 5-HTP promove uma sensação de saciedade após as refeições, graças ao seu efeito no humor.

Em novembro de 1992 foi publicado um estudo duplo-cego com pacientes obesos tratados com 5-HTP. No fim do estudo, os pacientes mostraram ficar saciados mais facilmente e reduziram a ingestão de hidratos de carbono, o que levou a uma eliminação de peso significativa. Por isso, depois de falares com o profissional de saúde que te acompanha, é um suplemento a considerar.

 

✓ Enxaquecas

Quem costuma sofrer de enxaquecas ou as tem de forma crónica, sabe muito bem o que custa, estou certa? Pois bem, pode ser que encontres aqui a tua solução (mas atenção que as enxaquecas têm uma origem, que convém descobrir qual é)

Os autores de um estudo duplo-cego mostraram que o 5-HTP ajudou a reduzir em 50% a frequência e severidade das dores de cabeça em 48% dos participantes do estudo, ou seja, além de mostrarem que o 5-HTP é moderadamente eficaz, também enalteceram o seu perfil de segurança.

Num outro estudo, mas desta vez com crianças que sofriam de dores de cabeça recorrentes, a ingestão de 5-HTP apresentou melhorias significativas em 70% das crianças na frequência de dores de cabeça quando comparado com uma redução de 11% no grupo de controle com placebo.

 

✓ Fibromialgia

Tenho no blog diversos artigos que abordam o tema da fibromialgia, porque é uma síndrome cada vez mais recorrente, principalmente entre as mulheres.

Como podes calcular, o papel da naturopatia nesta síndrome é bastante importante, quer a nível da suplementação com nutrientes como a vitamina D, quer a nível das alterações alimentares ou mesmo do estilo de vida. Como tal, nunca é demais falar sobre este assunto, pelo que no que diz respeito ao último dos 5 benefícios do 5-HTP apresento-te o seu impacto na fibromialgia, onde este pode representar uma vantagem bastante interessante.

A titulo de exemplo, falo-te num estudo duplo-cego, controlado por placebo, com pacientes com fibromialgia tratados com 5-HTP. Estes pacientes registaram melhorias significativas em todos os parâmetros clínicos estudados, após a ingestão do suplemento.

Num outro estudo, 50% dos pacientes experimentaram melhorias de “razoável” a “bom ” no número de pontos sensíveis, na ansiedade, na intensidade da dor, na qualidade do sono e na fadiga. Como vez, há esperança 😍

 

____________________ Interacções Medicamentosas ____________________

 

Como gosto de frizar tanto nas consultas como nas formações que dou, os suplementos ou plantas medicinais não são inócuas só porque são naturais.

Repara, tudo o que ingerimos, desde um medicamento a um alimento sofre uma reacção no nosso corpo pelo que os suplementos e as plantas medicinais não são excepção. Daí aconselhar-te com frequência para que procures um naturopata ou outro profissional de saúde que te saiba apoiar nas mudanças que realizas na tua vida e na tua saúde.

 

O 5-HTP além de poder causar efeitos secundários também interage com outros medicamentos/plantas medicinais como os antidepressivos cujo tratamento concomitante com inibidores não-seletivos da monoamina oxidase (IMAO), pode dar origem a reações graves como a síndrome da serotonina.

 

Deves igualmente ter em consideração interações com os inibidores seletivos da recaptação da serotonina (ISRS). Na prática, a administração conjunta pode alterar os efeitos destes medicamentos e, possivelmente, a dose necessária para o tratamento. Estes medicamentos incluem a fluoxetina, fluvoxamina, paroxetina, sertralina, amitriptilina, amoxapina, clomipramina, desipramina, doxepina, imipramina, nortriptilina, trimipramina, maprotilina, mirtazapina, trazodona, bupropiona, venlafaxina, nefazodona, citalopram, protriptilina, fenelzina, tranilcipromina, isocarboxazid.

No que diz respeito a plantas medicinais, existem alguns relatos que o 5-HTP pode aumentar o efeito do hipericão, o que pode interferir com a dose necessária para o tratamento.

Além disso, a administração de 5-hidroxitriptofano deve ser feita com precaução em doentes com obstrução biliar e em doentes com hipersensibilidade aos constituintes do suplemento, sendo contra-indicado em casos de insuficiência renal crónica, anestesia e tumores carcinóides (tumores secretores de hormonas) do intestino delgado.

Alguns dos efeitos secundários ocasionais relatados com o uso de 5-HTP incluem náuseas, vómitos e diarreia.

Quando ocorrem, geralmente podem ser minimizados diminuindo a dosagem e depois aumentando gradualmente. Tomar o suplemento com as refeições também ajuda.

 

Esta é de facto uma planta extraordinária, mas tal como qualquer outra deve ser ponderada a sua utilização. Caso sintas que necessitas de informações adicionais, terei todo o gosto em falar contigo.

 

Um beijinho ❤️

 

 

 

 

 

– Eur J Pediatr. 2004 Jul;163(7):402-7. Epub 2004 May 14. L -5-Hydroxytryptophan treatment of sleep terrors in children. (https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15146330)
– Dreshfield-Ahmad LJ. Enhancement in extracellular serotonin levels by 5-hydroxytryptophan loading after administration of WAY 100635 and fluoxetine. Life Sci. 2000;66(21):2035-41.
– Eriksson B, et al. Use of PET in neuroendocrine tumors. In vivo applications and in vitro studies. Q J Nucl Med. Mar 2000;44(1):68-76.
– van Vliet IM, et al. Behavioral, neuroendocrine and biochemical effects of different doses of 5-HTP in panic disorder. Eur Neuropsychopharmacol. May 1996;6(2):103-10.
– Battistella PA, Bordin A, Cernetti R, et al. beta-endorphin in plasma and monocytes in juvenile headache. Headache. Feb1996;36(2):91-4.
– Cangiano C, et al. Eating Behavior and Adherence to Dietary Prescriptions in Obese Adult Subjects Treated with 5-hydroxytryptophan. Am J Clin Nutr. Nov1992;56(5):863-67.
– Titus F, et al. 5-Hydroxytryptophan versus Methysergide in the Prophylaxis of Migraine. Randomized Clinical Trial. Eur Neurol. 1986;25(5):327-29.
– Nicolodi M, Sicuteri F. L-5-hydroxytryptophan can prevent nociceptive disorders in man. Adv Exp Med Biol. 1999;467:177-82.
– De Benedittis G, et al. Serotonin Precursors in Chronic Primary Headache. A Double-blind Cross-over Study with L-5-hydroxytryptophan vs. Placebo. J Neurosurg Sci. Jul1985;29(3):239-48.
– De Giorgis G, Miletto R, Iannuccelli M, et al. Headache in association with sleep disorders in children: a psychodiagnostic evaluation and controlled clinical study-L-5-HTP versus placebo. Drugs Exp Clin Res. 1987;13:425-433.
– Ribeiro CA. L-5-Hydroxytryptophan in the prophylaxis of chronic tension-type headache: a double-blind, randomized, placebo-controlled study. For the Portuguese Head Society. Headache. Jun2000;40(6):451-6.
– den Boer JA, et al. Behavioral, Neuroendocrine, and Biochemical Effects of 5-hydroxytryptophan Administration in Panic Disorder. Psychiatry Res. Mar1990;31(3):267-78.
– Soulairac A, et al. Effect of 5-hydroxytryptophan, a Serotonin Precursor, on Sleep Disorders. Ann Med Psychol. Paris. 1977;1(5):792-98.
– van Praag H, et al. Depression Vulnerability and 5-hydroxytryptophan prophylaxis. Psychiatry Res. Sep1980;3(1):75-83.
– Poldinger W, et al. A Functional-dimensional Approach to Depression: Serotonin Deficiency as a Target Syndrome in a Comparison of 5-hydroxytryptophan and Fluvoxamine. Psychopathology. 1991;24(2):53-81.
– van Praag HM, et al. 5-hydroxytryptophan in Combination with Clomipramine in Therapy-resistant Depression. Psychopharmacology. 1974;38:267-69.
– Nardini M, et al. Treatment of Depression with L-5-hydroxytryptophan Combined with Chlorimipramine: A Double-blind Study. Int J Clin Pharmacol Res. 1983;3(4):239-50.
– Angst J, et al. The Treatment of Depression with L-5-hydroxytryptophan versus Imipramine. Results of Two Open and One Double-blind Study. Arch Psychiatr Nervenkr. Oct1977;224(2):175-86.
– Cruso I, et al. Double-blind Study of 5-hydroxytryptophan versus Placebo in the Treatment of Primary Fibromyalgia Syndrome. J Int Med Res. May1990;18(3):201-09.
– Puttini PS, et al. Primary Fibromyalgia Syndrome and 5-hydroxy-L-tryptophan: A 90-day Open Study. J Int Med Res. Apr1992;20(2):182-89.

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Subscrever
Notificar de
guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Sou a Vera, naturopata especializada na saúde da mulher e da criança e autora do livro Nascer e Crescer Vegetariano.

    Segue nas Redes Sociais
    Categorias
    Livros e Materiais
    Cursos e Masterclasses Online

    Todas as informações fornecidas por este website destinam-se única e exclusivamente para finalidades informativas ou educacionais, não tendo a intenção de substituir as orientações fornecidas pelo profissional de saúde ou médico, nem para serem utilizadas para diagnóstico ou tratamento clinico.

    Tens a minha autorização para utilizar os conteúdos da página da forma que quiseres.

    Conhecimento e sabedoria são recursos inesgotáveis que crescem ao serem partilhados. Todos beneficiamos com isso! No entanto, não nos responsabilizamos por nenhuma consequência direta ou indiretamente tomada com base nas informações desde website.

    Se quiseres explorar mais conhecimentos e informações em fontes credíveis e reconhecidas, clica aqui para ver a lista de recursos que recomendo.