Como acabar com as náuseas?

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

 

Todas nós já sentimos em algum momento das nossas vidas uma sensação estranha no estômago fazendo-nos sentir desconfortáveis.

 

Esse sentimento de desconforto muitas vezes é resultado das náuseas. Mas sabias que a náusea é na verdade um mecanismo de protecção complexo?

Os sintomas de náuseas são influenciados por mensagens enviadas ao cérebro devido a uma ameaça, como uma obstrução intestinal, emoção negativa forte ou acumulação de compostos tóxicos no corpo.

Podemos definir náusea como uma sensação de vómito, forçando o vazamento do conteúdo do estômago.

Quando te sentes enjoada, a pele fica pálida, começas com suores frios, produzes mais saliva e ocorre um aumento do ritmo cardíaco ou pulso.

Em alguns casos, os vómitos podem aliviar a sensação de náusea, porque o corpo eliminou a substância nociva ou bloqueio digestivo que causava essa sensação.

 

Quando nos sentimos nauseados é porque a parte do cérebro chamada “centro do vómito” está a receber e a reagir a mensagens enviadas de outras partes do corpo ou cérebro.

 

O centro do vómito inclui uma área chamada a zona de gatilho quimiorreceptora, que faz parte da medula oblonga/bulbo raquidiano e recebe mensagens para iniciar o vómito.

 

Estas mensagens químicas são enviados a partir de várias fontes, incluindo:

  • O estômago e intestinos, que reagem a uma obstrução, pressão, irritação ou infecção
  • O corpo pode estar a experiênciar um desequilíbrio ou anormalidade na corrente sanguínea
  • A cérebro pode estar a experiênciar um aumento da pressão a partir do crescimento de um tumor
  • As emoções, tais como sentimentos de ansiedade, cansaço e medo
  • Os sentidos, incluindo o sentido da visão, paladar, olfacto e dor
  • O ouvido interno, que envia mensagens de enjoo, vertigem ou tontura para o cérebro

 

Algumas das causas mais comuns de náuseas incluem:

  • Náuseas matinais durante a gravidez
  • Intoxicação alimentar
  • Sintomas de gripe
  • Dor intensa, como pedras nos rins
  • Dores de cabeça
  • Stress emocional
  • Lesão cerebral ou tumor
  • Ataque cardíaco
  • Excessos alimentares e álcool
  • Tratamentos médicos, como quimioterapia ou radioterapia

 

Enquanto a medicina convencional recomenda anti-histamínicos e outros medicamentos para aliviar as náuseas, a naturopatia sugere substâncias que normalmente já estão disponíveis na nossa cozinha.

 

Gengibre (Zingiber officinale)

O gengibre, há mais de 2000 anos que é usado como remédio para as náuseas, no entanto, muitos estudos pré-clínicos e clínicos têm demonstrado a eficácia do gengibre na sua redução. (Crit Rev Food Sci Nutr. 2013)

Em 2000, pesquisadores da School of Postgraduate Medicine and Health Sciences no Reino Unido realizaram uma revisão sistemática de ensaios clínicos randomizados a favor ou contra a eficácia do gengibre nas náuseas e vómitos.

Foi encontrado um estudo para cada uma das seguintes condições: o enjoo, enjoo matinal e náuseas induzidas por quimioterapia.

 

Todos os estudos favoreceram o gengibre em relação ao placebo.

 

Outro estudo de 2007 testou a eficácia do dimenidrinato e do gengibre no tratamento de náuseas e vómitos durante a gravidez em 170 mulheres grávidas.

Os participantes tomaram uma cápsula de gengibre duas vezes ao dia ou uma cápsula idêntica de 50 miligramas de dimenidrinato duas vezes por dia.

Os resultados mostraram que o gengibre foi tão eficaz como o dimenidrinato no tratamento de náuseas e vómitos com poucos efeitos secundários.

Para te livrares das náuseas e tirares proveito dos benefícios do gengibre, bebe uma decocção de gengibre durante todo o dia.

Para isso, corta a raiz do gengibre em fatias finas e coloca numa panela de água a ferver durante 10 minutos. Em seguida, coa e bebe.

 

Hortelã-Pimenta (Mentha piperita)

O óleo de hortelã-pimenta é recomendado pelos seus efeitos antieméticos e antiespasmódicos sobre o revestimento gástrico e cólon.

Acredita-se que o mecanismo pelo qual actua no sistema gastrointestinal seja através da inibição de contracções musculares induzidas pela serotonina e substância P.

Vários estudos têm também demonstrado a eficácia do óleo de hortelã pimenta na redução de náuseas e vómitos pós-cirurgia.

Em 2012, investigadores da Molloy College em Nova Iorque avaliaram os efeitos da aromaterapia na severidade das náuseas em mulheres submetidas a procedimentos cirúrgicos na unidade de cuidados pós-anestésicos.

As mulheres com queixa de náuseas pós-cirurgia receberam antieméticos tradicionais, inalação do óleo essencial de hortelã-pimenta ou vapor de solução salina.

Os resultados indicaram uma boa redução da náusea, embora a significância estatística não tenha sido alcançada devido ao pequeno número de participantes.

Um outro estudo de 2013 com a intenção de determinar a eficácia do óleo essencial de hortelã pimenta na prevenção de náuseas e vómitos induzidos pela quimioterapia, obtiveram como resultados uma redução significativa na intensidade e no número de eventos eméticos nas primeiras 24 horas de tratamento, quando comparado com o grupo de controlo e não se observaram efeitos colaterais adversos relatados.

O custo do tratamento também foi reduzido quando se utilizou o óleo essencial de hortelã-pimenta.

Para utilizares o óleo de hortelã pimenta para as náuseas, dilui 3 gotas para 1 colher de sobremesa de óleo vegetal e esfrega na parte de trás do pescoço ou podes adicionar essa mistura a uma compressa fria e coloca-la sobre a cabeça.

 

Limão (citrus limonum)

Um estudo clínico duplo-cego de 2014, randomizado e controlado por placebo, investigou o efeito do limão através da inalação do seu óleo essencial para o tratamento de náuseas e vómitos durante a gravidez.

Uma centena de mulheres grávidas com náuseas e vómitos foram divididas nos grupos de intervenção e controle.

 

O óleo essencial de limão e o placebo foram dados a inalar quando os pacientes sentiam náuseas.

 

Houve uma diferença estatisticamente significativa entre os dois grupos.

A pontuação média para avaliar a intensidade das náuseas e vómitos no segundo e quarto dia de tratamento no grupo de intervenção foram significativamente menores do que no grupo controle, sugerindo que o cheiro do limão pode ser eficaz na redução de náuseas em mulheres grávidas.

Para utilizares o limão, podes simplesmente cortá-lo ao meio e inspirar cada vez que sentires náuseas. Também podes morder um limão, usar o seu óleo ou beber água de limão quando surgem os sintomas.

 

Adicionalmente…

  • Abre uma janela e dá um passeio ao ar livre.
  • Come pequenas refeições.
  • Evita alimentos ricos em gordura que retardam a digestão.
  • Bebe muita água.

 

 

  • [1] www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmedhealth/PMHT0024775
  • [2] www.dhhs.tas.gov.au/__data/assets/pdf_file/0003/47055/Nausea_and_Vomiting_130509.pdf
  • [3] www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23638927
  • [4] www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/10793599
  • [5] www.cancer.gov/about-cancer/treatment/side-effects/nausea/nausea-hp-pdq
  • [6] www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17957907
  • [7] www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22828020
  • [8] www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3562057
  • [9] www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4005434
  • [i] Quimioreceptor é um receptor sensorial sensível à presença ou concentração de determinadas substâncias químicas, como os responsáveis pelo paladar e olfacto. O seu papel é o de receber o estímulo e transformá-lo em impulso nervoso.
  • [ii] Bulbo raquidiano, bolbo raquidiano, medulla oblongata ou medula oblonga é a porção inferior do tronco encefálico, juntamente com outros órgãos como o mesencéfalo e a ponte, que estabelece comunicação entre o cérebro e a medula espinhal.
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Subscrever
Notificar de
guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

1 Comentário
mais antigo
mais recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] grávidas geralmente experienciam pequenos sintomas, como náuseas, constipações e insónias nos quais a fitoterapia pode ajudar de forma suave e […]

  • Sobre

    Sou a Vera, naturopata especializada na saúde da mulher e da criança e autora do livro Nascer e Crescer Vegetariano.

    Segue nas Redes Sociais
    Categorias
    Livros e Materiais
    Cursos e Masterclasses Online

    Todas as informações fornecidas por este website destinam-se única e exclusivamente para finalidades informativas ou educacionais, não tendo a intenção de substituir as orientações fornecidas pelo profissional de saúde ou médico, nem para serem utilizadas para diagnóstico ou tratamento clinico.

    Tens a minha autorização para utilizar os conteúdos da página da forma que quiseres.

    Conhecimento e sabedoria são recursos inesgotáveis que crescem ao serem partilhados. Todos beneficiamos com isso! No entanto, não nos responsabilizamos por nenhuma consequência direta ou indiretamente tomada com base nas informações desde website.

    Se quiseres explorar mais conhecimentos e informações em fontes credíveis e reconhecidas, clica aqui para ver a lista de recursos que recomendo.