Alterações metabólicas na mulher “madura”

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

 

Por diversas vezes vos tenho falado acerca das plantas adaptogénicas…Confesso que sou fã incondicional porque foi nelas que encontrei a solução para algumas das minhas alterações metabólicas e distúrbios hormonais.

 

Neste artigo, venho falar-te sobre o uso destes fitoterápicos para a saúde metabólica da mulher…isto porque como bem sabes, com a idade vão ocorrendo alterações metabólicas no nosso corpo, nomeadamente a menopausa…ficaste curiosa? então bora lá…

 

As plantas adaptogénicas são fitoterápicos que têm a capacidade de aumentar a nossa resistência à fadiga e ao stress provocado pelos mais diversos factores, incluindo os desequilíbrios neuroendócrinos, desequilíbrios estes que ocorrem igualmente durante a menopausa.

A menopausa ocorre, normalmente, entre os 50-52 anos, altura em que se verifica um declínio hormonal do estrogénio, sobretudo do estradiol, da progesterona, da testosterona e das hormonas da tiróide. Ao mesmo tempo, ocorre uma desregulação adrenal com alteração dos níveis de cortisol e de DHEA.

Mas todo este processo inicia-se por volta dos 40 anos, período da vida em que os níveis de DHEA baixam 50%. Como esta hormona é percursora dos androgénios, só por si torna-se um factor importante para a diminuição da actividade metabólica e redução da produção de ATP. Pelo que algo que se fala com frequência e que se encontra directamente associado a esta desregulação hormonal é a obesidade pós-menopausa que altera a forma do corpo da mulher para a “típica” forma de pêra, com acumulação de gordura abdominal, possivelmente associada à tal diminuição da atividade metabólica.

Também a relação entre a menopausa e a resistência à insulina é clara, havendo uma diminuição da secreção pancreática de insulina o que aumenta o risco de desenvolver diabetes tipo 2. Todas estas alterações têm um grande impacto no futuro da saúde da mulher.

E por isso mesmo, a par com um plano alimentar nutricionalmente denso e a redução dos factores de risco, as plantas adaptogénicas tornam-se extremamente úteis nesta fase. As que te apresento aqui são apenas duas, entre as várias que utilizo na minha prática clínica e que são recomendadas de acordo com o perfil único de cada mulher.

 

# Rhodiola Rosea

Rica em quercetina, ácido gálico e vários antioxidantes fenólicos. É usualmente utilizada para aumentar a resistência ao stress, tratar os distúrbios de sono e diminuir o perímetro abdominal.

 

# Schisandra Chinensis

Fruto do Norte da China e da Rússia com propriedades anti-inflamatórias e efeitos terapêuticos na fadiga e actividade mental.

 

E tu? que plantas conheces?

 

Um beijinho ❤️

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Subscrever
Notificar de
guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

1 Comentário
mais antigo
mais recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Ana Patrocinio
Ana Patrocinio
4 anos atrás

Excelente artigo, muito grata!

  • Sobre

    Sou a Vera, naturopata especializada na saúde da mulher e da criança e autora do livro Nascer e Crescer Vegetariano.

    Segue nas Redes Sociais
    Categorias
    Livros e Materiais
    Cursos e Masterclasses Online

    Todas as informações fornecidas por este website destinam-se única e exclusivamente para finalidades informativas ou educacionais, não tendo a intenção de substituir as orientações fornecidas pelo profissional de saúde ou médico, nem para serem utilizadas para diagnóstico ou tratamento clinico.

    Tens a minha autorização para utilizar os conteúdos da página da forma que quiseres.

    Conhecimento e sabedoria são recursos inesgotáveis que crescem ao serem partilhados. Todos beneficiamos com isso! No entanto, não nos responsabilizamos por nenhuma consequência direta ou indiretamente tomada com base nas informações desde website.

    Se quiseres explorar mais conhecimentos e informações em fontes credíveis e reconhecidas, clica aqui para ver a lista de recursos que recomendo.