Dicas para aliviar as aranhas vasculares?

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

 

As aranhas vasculares (telangiectasias idiopáticas) são pequenos vasos sanguíneos dilatados que aparecem na pele com ramificações de tom roxo ou avermelhado.

 

São incómodas, ardem e causam constrangimentos estéticos.

 

As aranhas vasculares normalmente surgem nos tornozelos, nas coxas e nas panturrilhas. Geralmente o seu aparecimento deve-se a três factores:

  1. Herança genética,
  2. Má circulação,
  3. Hábitos de vida incorrectos (má alimentação, sedentarismo, etc.).

 

Embora, por vezes, se recorra à cirurgia, existem alguns hábitos que podem ajudar a diminuir a sua incidência. Como tal, vale a pena começar a tomar certas medidas para deter o seu avanço.

 

Entre várias rotinas que podem ser adquiridas, recomendo as seguintes:

 

1. Banhos frios nas pernas: É muito eficiente principalmente de manhã e à noite antes de dormir.

Quando fores tomar banho, dedica 5 minutos a molhar as pernas com água fria ou em alternativa molha uma toalha e coloca no congelador, quando tiver gelada envolve as pernas com elas.

Esta rotina, alivia as inflamações das aranhas vasculares e ajuda a tonificar a circulação, começando o dia com uma agradável sensação de pernas leves.

 

2. Antioxidantes: Inicia o dia com um bom batido de laranja e sementes de linhaça trituradas é excelente para melhorar a circulação, para oxigenar o sangue e melhorar a tonicidade.

Deves também incluir diariamente na alimentação limões, morangos, framboesas, tomates, kiwis, entre outros.

 

3. Elevar as pernas: Basta colocares uma almofada para teres as pernas ligeiramente elevadas facilitando a circulação e evitando que as aranhas vasculares apareçam com maior intensidade.

 

4. Vinagre de sidra: O vinagre de sidra é um excelente tonificante e relaxante muscular, pois reactiva a circulação.

Encharca um pano com vinagre de sidra e aplica na zona onde estão localizadas as aranhas vasculares. E deixa durante 20 minutos na perna. Esta rotina atenua o incómodo.

 

5. Óleo de rosa mosqueta: Simplesmente ideal.

Ajuda a aliviar e a acalmar a pele, além disso, reactiva a circulação. Junta-se cerca de 10 gotas de óleo de rosa mosqueta com óleo de coco e massaja-se de baixo para cima.

As pernas ficarão hidratadas e previne-se os incómodas que as aranhas vasculares causam.

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Subscrever
Notificar de
guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Sou a Vera, naturopata especializada na saúde da mulher e da criança e autora do livro Nascer e Crescer Vegetariano.

    Segue nas Redes Sociais
    Categorias
    Livros e Materiais
    Cursos e Masterclasses Online

    Todas as informações fornecidas por este website destinam-se única e exclusivamente para finalidades informativas ou educacionais, não tendo a intenção de substituir as orientações fornecidas pelo profissional de saúde ou médico, nem para serem utilizadas para diagnóstico ou tratamento clinico.

    Tens a minha autorização para utilizar os conteúdos da página da forma que quiseres.

    Conhecimento e sabedoria são recursos inesgotáveis que crescem ao serem partilhados. Todos beneficiamos com isso! No entanto, não nos responsabilizamos por nenhuma consequência direta ou indiretamente tomada com base nas informações desde website.

    Se quiseres explorar mais conhecimentos e informações em fontes credíveis e reconhecidas, clica aqui para ver a lista de recursos que recomendo.