Batidos, sumo ou fruta inteira?

 

Sabemos que se bebermos água açucarada, ou como quem diz, refrigerantes é mau.

 

Se estamos em jejum e depois bebemos um copo de água com três colheres de sopa de açúcar, (quantidade de açúcar presente numa lata de refrigerante), ocorre um pico grande de açúcar no sangue durante a primeira hora e nesse momento o corpo entra em stress e liberta muita insulina.

Na segunda hora, após ingerirmos o refrigerante começamos a ficar um pouco hipoglicémicos, ou seja, ocorre a diminuição do nível de açúcar no sangue e em resposta a esse processo, o nosso corpo liberta gordura na corrente sanguínea como se estivéssemos famintos. Mas será que o mesmo ocorre com os batidos e os sumos de fruta?

Após comermos quatro chávenas e meia de fatias de maçã, o nosso nível de açúcar no sangue sobe e desce normalmente, mas quando consumimos essa mesma quantidade de maçã na forma de sumo o corpo reage de forma exagerada libertando muita insulina provocando exatamente o mesmo efeito que os refrigerantes.

 

A remoção das fibras na produção de sumo de frutas aumenta a resposta à insulina e resulta nesta “hipoglicemia de recuperação”.

 

Mas será que o mesmo acontece se consumirmos essas mesmas maçãs em forma de batido com água? Ou seja, com a fibra?

Apesar de ainda ter toda a fibra, o batido de maçã provoca, embora mais levemente, igualmente essa hipoglicemia de recuperação.

A queda dos níveis de açúcar no sangue, que ocorre durante a segunda e a terceira hora depois de beber um batido de maçã, “é oposta ao nível praticamente estável dos níveis de açúcar depois de comer (mastigar) as maçãs”. Este achado indica-nos a importância da regulação que a presença de fibra tem nos níveis de açúcar no sangue e também a diferença entre fibra triturada mecanicamente (no liquidificador) ou não.

Agora repara, comer quatro chávenas e meia de maçãs leva cerca de 17 minutos, mas beber quatro chávenas e meia de maçãs em forma de batido demora cerca de 6 minutos. Então, talvez essa diferença tenha mais a ver com a rapidez com que a fruta entra no nosso sistema e não a sua forma física. Mas se fosse apenas a velocidade com que a maçã é ingerida, poderíamos simplesmente saborear o sumo em 17 minutos e o resultado deveria ser sensivelmente o mesmo, certo?

Os investigadores colocaram isso à prova e constataram que beber o batido de maçã lentamente apresenta resultados muito semelhantes ao de beber rapidamente.

 

Então comer maçãs é melhor do que beber batidos de maçã.

 

Mas será que o mesmo ocorre com outras frutas?

Houve um estudo que comparou bananas inteiras com bananas batidas e não viu nenhuma diferença nos níveis de açúcar no sangue, mas lá está, no estudo apenas observaram durante a primeira hora e enquanto os participantes praticavam actividade física. De qualquer forma, as bananas, de forma geral, melhoram os níveis de açúcar no sangue a longo prazo. O mesmo sucede com as mangas.

Pode ser devido a um fitonutriente chamado mangiferina, que está associado à diminuição da absorção de açúcar através da parede intestinal.

As bagas também ajudam a controlar o nível de açúcar no sangue.

 

De facto, seis semanas de consumo de batidos de mirtilo podem melhorar a sensibilidade à insulina do corpo inteiro.

 

 

 

 

 

REFERÊNCIAS

– Adaptado do original de Michael Greger M.D. FACLM (https://nutritionfacts.org/author/mgreger)

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22854401

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/71495

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/8499937

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/?term=Daily+consumption+of+banana+marginally+improves+blood+glucose+and+lipid

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25210462

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22854401

– http://bdtd.ibict.br/vufind/Record/UFC_d08147fef939f842f3f3293aee1281f7

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.