Conheces esta bebida que promove a saúde?

 

Todos os dias lemos, ouvimos ou vemos na televisão alguma informação acerca do papel dos nutrientes na saúde e por vezes deparamo-nos com informações contraditórias, o que é normal, pois a ciência encontra-se em constante mutação.

 

Mas ainda assim acontece sentirmo-nos um pouco ofuscados com tamanha partilha de saberes.

 

No entanto, existem determinados “super-alimentos” em que as únicas mutações são mesmo apenas na expansão dos seus potenciais papéis terapêuticos na saúde.

Esta “receita” é um exemplo de como pequenos hábitos, pequenas alterações são capazes de produzir resultados extraordinários…e que venha a saúde para todos nós!!

 

  • Açafrão da Índia: O principal composto activo no açafrão, a curcumina tem vindo a ser estudada pelo potencial papel terapêutico que possui. É anti-inflamatória, combate os processos oncológicos e promove o desempenho psicológico.

 

  • Gengibre: outro excelente anti-inflamatório bem conhecido pelas suas propriedades anti-cancerígenas. Também auxilia na digestão e no alívio de enxaquecas.

 

  • Canela: Conhecida pelo seu sabor adocicado é uma especiaria muito utilizada na culinária e na medicina tradicional. Esta especiaria, entre várias aplicações terapêuticas, auxilia na diminuição dos níveis de açúcar no sangue.

 

  • Cardamomo: diminui a incidência de coágulos sanguíneos, impedindo a agregação plaquetária, assim como estimulação da função renal.

 

Bebida promotora da saúde

 

Ingredientes

  • ½ colher de sopa de gengibre ralado
  • ½ colher de sopa de canela em pó
  • Uma pitada de cardamomo
  • 1 colher de sopa de açafrão
  • Pitada de pimenta preta
  • ½ litro d água
  • Um pouco de mel ou ácer (opcional)
    Junta todos os ingredientes à excepção do adoçante escolhido e leva ao lume até levantar fervura. Assim que começar a ferver desliga, abafa e deixa repousar 10 minutos. Coa e bebe!!

 

 

Nota: Todas as informações aqui contidas são a título ilustrativo, não constituindo por si medida terapêutica. Deve-se sempre procurar o apoio de um profissional de saúde.

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.