Caldinho de gengibre…Já provaste?

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

 

Foi logo no primeiro ano de Naturopatia que me foram apresentados os benefícios terapêuticos do gengibre.

 

A raíz do gengibre tem sido utilizada desde “sempre” de forma empírica para ajudar a melhorar os sintomas de diversos problemas de saúde, como doenças gástricas e reumatismo.

 

Tais são os seus benefícios que a ciência tem, cada vez mais, se dedicado ao estudo das suas propriedades medicinais.

 

O Gengibre e os seus inúmeros benefícios à saúde.

Um estudo de 2010 publicado no The Journal of Pain, constatou que a ingestão de gengibre diariamente é eficaz no alivio da dor muscular após o exercício.

Para chegarem a essa conclusão, os investigadores seguiram 74 estudantes que foram divididos em três grupos e que realizaram 18 exercícios diários durante 11 dias consecutivos, enquanto ingeriam o gengibre.

Cada grupo recebeu gengibre cru, gengibre fervido ou placebo.

Os dois grupos que consumiram o gengibre, independentemente da forma como o fizeram, obtiveram benefícios na redução do nível da dor muscular de 23 – 25 por cento.

Os autores observaram que, embora o seu efeito analgésico não tenha ainda sido amplamente estudado, o gengibre apresenta propriedades anti-inflamatórias semelhantes aos anti-inflamatórios não esteróides, mas sem os efeitos colaterais.

 

Além do seu efeito no alívio da dor muscular, esta raíz também pode ser muito útil em casos de artrite reumatóide, dor crónica, perturbações gastrointestinais, na redução de sintomas como a tosse, gripe, constipações, entre muitos outros benefícios.

No entanto, reforço a mensagem que, embora seja uma planta medicinal, esta também gera reacções químicas no nosso corpo, logo, à que haver alguma cautela caso tomes medicamentos para baixar a tensão arterial, anti-ácidos ou anti-coagulantes. Aconselha-te sempre com o profissional de saúde que te acompanha.

 

Dito isto, os ingredientes que vais precisar para fazer o sumo de gengibre são:

  • 200g de gengibre descascado e finamente cortado;
  • 4 chávenas de água;
  • Sumo de 2 limões;

1. Numa panela coloca 2 chávenas de água a ferver. Após ferver junta o gengibre.

2. Reduz a chama para o mínimo e cozinha o gengibre durante 5 minutos.

3. Retira a panela do lume, deixa assentar durante 20 minutos e adiciona as outras 2 chávenas de água.

4. Coa o liquido, junta o sumo do limão e fica pronto a beber.

Podes fazer este “caldinho” durante 7 dias e depois descansas uns dias até voltares a repetir.

 

 

Referências:
www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16117603
www.jpain.org/article/S1526-5900%2809%2900915-8/abstract

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Subscrever
Notificar de
guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

6 Comentários
mais antigo
mais recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] gengibre possui propriedades extraordinárias que estimulam o sistema imunitário, melhoram a digestão e […]

trackback

[…] gengibre possui propriedades extraordinárias que estimulam o sistema imunitário, melhoram a digestão e […]

trackback

[…] gengibre é muito rico em fitoquímicos, onde, entre vários outros, podemos encontrar o ácido ascórbico, […]

Cláudia Moura
Cláudia Moura
4 anos atrás

Boa tarde,
Gostaria de fazer o sumo de gengibre, no entanto na descrição dos ingredientes diz 4 chavenas mas na receita só fala em 2 chavenas.
Pode esclarecer me?
Obrigada

trackback

[…] último, e como exemplo de uma excelente planta medicinal com efeito hipotensor, temos o Gengibre (Zingiber […]

  • Sobre

    Sou a Vera, naturopata especializada na saúde da mulher e da criança e autora do livro Nascer e Crescer Vegetariano.

    Segue nas Redes Sociais
    Categorias
    Livros e Materiais
    Cursos e Masterclasses Online

    Todas as informações fornecidas por este website destinam-se única e exclusivamente para finalidades informativas ou educacionais, não tendo a intenção de substituir as orientações fornecidas pelo profissional de saúde ou médico, nem para serem utilizadas para diagnóstico ou tratamento clinico.

    Tens a minha autorização para utilizar os conteúdos da página da forma que quiseres.

    Conhecimento e sabedoria são recursos inesgotáveis que crescem ao serem partilhados. Todos beneficiamos com isso! No entanto, não nos responsabilizamos por nenhuma consequência direta ou indiretamente tomada com base nas informações desde website.

    Se quiseres explorar mais conhecimentos e informações em fontes credíveis e reconhecidas, clica aqui para ver a lista de recursos que recomendo.