Carne vermelha e a diverticulite

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

A carne e o seu potencial efeito negativo na saúde tem vindo a ser discutido cada vez mais, o que também tem feito com que fosse cada vez maior o número de pessoas que diminuem o seu consumo.

 

Sabe-se hoje que evitar a carne vermelha e outros factores de risco pode prevenir até metade os casos de diverticulite, isto, de acordo com um estudo publicado no The American Journal of Gastroenterology.

 

Os investigadores avaliaram os resultados da ingestão de carne vermelha, fraca ingestão de fibra, obesidade, pouca atividade física e tabagismo em 51.529 homens do Estudo de Acompanhamento de Profissionais de Saúde.

Os resultados mostraram um risco diminuído de 73 por cento para a diverticulite entre os homens que comeram mais fibras, eram activos e comeram menos do que uma porção de carne vermelha por dia, em comparação com os homens que não evitavam nenhum dos factores de risco observados.

 

Os autores recomendam que os clínicos incorporem intervenções de estilo de vida em estratégias preventivas para prevenção de doenças.

 

 

 

Traduzido de: Physicians Committee

Liu PH, Cao Y, Keeley BR, et al. Adherence to a healthy lifestyle is associated with a lower risk of diverticulitis among men. Am J Gastroenterol. Published online November 7, 2017.

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Subscrever
Notificar de
guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Sou a Vera, naturopata especializada na saúde da mulher e da criança e autora do livro Nascer e Crescer Vegetariano.

    Segue nas Redes Sociais
    Categorias
    Livros e Materiais
    Cursos e Masterclasses Online

    Todas as informações fornecidas por este website destinam-se única e exclusivamente para finalidades informativas ou educacionais, não tendo a intenção de substituir as orientações fornecidas pelo profissional de saúde ou médico, nem para serem utilizadas para diagnóstico ou tratamento clinico.

    Tens a minha autorização para utilizar os conteúdos da página da forma que quiseres.

    Conhecimento e sabedoria são recursos inesgotáveis que crescem ao serem partilhados. Todos beneficiamos com isso! No entanto, não nos responsabilizamos por nenhuma consequência direta ou indiretamente tomada com base nas informações desde website.

    Se quiseres explorar mais conhecimentos e informações em fontes credíveis e reconhecidas, clica aqui para ver a lista de recursos que recomendo.