Equilibra as Hormonas pela Alimentação

 

Considera-se que se atingiu a menopausa quando ocorre um período de 12 meses consecutivos sem menstruação. No entanto, a peri-menopausa, ou seja, os anos que gradualmente levam à cessação completa da menstruação, podem começar bastante cedo e durar 10 ou 15 anos. Durante este tempo os ovários diminuem a produção de duas hormonas em particular – o estrogénio e a progesterona.

 

O desequilíbrio destas hormonas leva a desconfortos, que podem afectar a vida da mulher.

 

No entanto, se começares já a introduzir alguns hábitos na tua rotina, em pouco tempo, esses pequenos mas nutritivos hábitos podem ajudar-te bastante.

 

Eis como podes começar…

 

– Reduz drasticamente o consumo de açúcar e de hidratos de carbono refinados.

Estes alimentos aumentam os níveis de insulina, promovem o aumento de peso e levam ao armazenamento de gordura, especialmente à volta da barriga.

 

– Adiciona mais frutas e legumes.

Os fitoestrógenios são estrogénios vegetais fracos que se encontram em mais de 300 plantas, incluindo mirtilos, cerejas, cenouras, bananas, beterrabas, laranjas, cebolas, ameixas, azeitonas e batatas. Eles ligam-se aos receptores de estrogénio e equilibram os níveis desta hormona.

 

– Aumenta a fibra, especialmente com sementes de linhaça.

O nosso corpo dispõe de excesso de estrogénio por meio do intestino, e se não for excretado, o estrogénio será reabsorvido e continuará a circular.

 

Uma dieta rica em fibras irá apoiar esse processo.

 

As sementes de linhaça são uma grande fonte de fibra, mas também são ricas em lignanos, que ajudam tanto na redução do risco de cancro da mama como a retardar o crescimento de tumores cancerígenos.

Os lignanos têm igualmente propriedades anti-virais, anti-bacterianas e antioxidantes, como também ajudam a diminuir o colesterol LDL (mau) e aumentar o colesterol HDL (bom).

 

– Evita a cafeína, os alimentos picantes e o álcool

Porque são alimentos produtores de calor e irão contribuir para os afrontamentos. Em vez disso, opta por alimentos frescos como o melão, o aipo, a maçã e as uvas.

 

 

Subscrever
Notificar de
guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

1 Comentário
mais antigo
mais recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] vez disso, recorre a alimentos ricos em nutrientes, anti-inflamatórios, […]

  • Sobre

    Sou a Vera, naturopata especializada na saúde da mulher e da criança e autora do livro Nascer e Crescer Vegetariano.

    Segue no Facebook
    Categorias
    Livros e Materiais
    Cursos e Masterclasses Online

    Todas as informações fornecidas por este website destinam-se única e exclusivamente para finalidades informativas ou educacionais, não tendo a intenção de substituir as orientações fornecidas pelo profissional de saúde ou médico, nem para serem utilizadas para diagnóstico ou tratamento clinico.

    Tens a minha autorização para utilizar os conteúdos da página da forma que quiseres.

    Conhecimento e sabedoria são recursos inesgotáveis que crescem ao serem partilhados. Todos beneficiamos com isso! No entanto, não nos responsabilizamos por nenhuma consequência direta ou indiretamente tomada com base nas informações desde website.

    Se quiseres explorar mais conhecimentos e informações em fontes credíveis e reconhecidas, clica aqui para ver a lista de recursos que recomendo.