Erva de S. Roberto. Conheces?

 

O Geranium robertianum ou Erva de S. Roberto é uma planta herbácea anual nativa da Europa. Na Escócia, a Erva de S. Roberto é usada contra doenças da pele desde a década de 1920.

 

O geranium robertianum possui diversos constituintes importantes, como o óleo essencial (geraniol, citronelal, linalol, terpineol) com efeito analgésico e anti-séptico; os taninos (35%) que lhe confere uma acção adstringente; Flavonóides (rutina, derivados da Quercetina e do campferol, hiperósido); a geraniína como constituinte amargo e ácidos orgânicos (málico, cítrico e fenólicos).

Na naturopatia esta planta por norma é utilizada para afecções gastrointestinais que é a sua principal indicação, embora se possa eventualmente usar para outras situações como as inflamações do aparelho urinários, gota e hipertensão.

No entanto, devemos ter em atenção que os taninos podem irritar a mucosa gástrica, pelo que, nesses casos, deve ser usada em associação com plantas mucilaginosas como a alteia.

 

FORMA DE ADMINISTRAÇÃO

 

– Infusão: 1 colher de sobremesa por chávena, 3 chávenas por dia, depois das refeições.

 

 

 

 

– A. Proença da Cunha, Alda Pereira da Silva, Odete Rodrigues Roque. PLANTAS E PRODUTOS VEGETAIS EM FITOTERAPIA. Serviço de educação e bolsas. Fundação calouste Gulbenkian | Lisboa

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.