:: Fibra :: Nutriente chave para o corpo

A fibra é o elixir da saúde. Segundo a Direção Geral de Saúde (DGS), as fibras alimentares são “compostos que têm muitos efeitos benéficos no nosso organismo, sendo essenciais para o normal funcionamento do sistema digestivo”.

 

As diretrizes dizem-nos que devemos consumir no mínimo 20 a 35 gramas de fibra por dia, mas a maioria de nós consome apenas cerca de 15 gramas, o que é insuficiente e pode levar a sérias consequências para a saúde.

A fibra alimenta as bactérias benéficas que mantêm a camada mucosa que reveste o intestino delgado saudável, que, por sua vez, decide quais as moléculas que entram na corrente sanguínea e quais ficam de fora.

Quando essa barreira é comprometida, pode originar quadros clínicos com a inflamação crónica.

 

De acordo com Hipócrates, “todas as doenças começam no intestino”.

Melhorar a ingestão de fibras pode ajudar a melhorar a digestão e diminuir o risco de doenças – incluindo aquelas relacionadas ao desequilíbrio hormonal.

 

Existem vários tipos de fibra e podemos classificá-las conforme a acção que exercem sobre o nosso intestino. Assim, temos a fibra…

 

ALIMENTAR: pode ser obtida através da dieta.

FUNCIONAL: é extraída dos alimentos ou sintetizada em laboratório.

SOLÚVEL: Atrai e dissolve-se na água, transformando-se numa substância semelhante a um gel que ajuda a regular a digestão.

INSOLÚVEL: “Insolúvel” refere-se ao facto de não se dissolver na água, mas permanecer intacto por todo o sistema digestivo.

FERMENTÁVEL: fibra solúvel que é fermentada / digerida por bactérias intestinais no intestino grosso.

NÃO FERMENTÁVEL: é uma fibra insolúvel que provém das paredes celulares das plantas e não é fermentada por bactérias no intestino grosso.

VISCOSA: quando consumida, forma uma substância viscosa, semelhante a um gel no intestino.

 

É importante que varies o tipo de fibra que consomes diariamente mas acima de tudo é importante que consumas no minímo 30g de fibra por dia para manteres a tua saúde hormonal estável.

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.