Sabes qual a importância do DHA para a nossa vida?

Sabes qual a importância do DHA para a nossa vida?

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Fala-se muito no ómega 3 porque o ácido linolénico (ALA) é um ácido gordo essencial, polinsaturados com propriedades anti-inflamatórias, ou seja, é uma gordura que o corpo não consegue produzir, tendo de ser consumida pela alimentação.

A partir do ácido linolénico (ALA), o corpo produz EPA e a partir deste produz DHA.

O EPA é mais importante para produção de eicosanóides, substâncias que comunicam mensagens diversas no organismo. O DHA encontra-se em abundância nas células da retina e nos neurónios. Assim, as funções como o relaxamento e a contracção dos músculos, coagulação, digestão, fertilidade, divisão celular, crescimento, controle da inflamação estão dependentes dos ómega 3.

Embora todos eles sejam importantes, sabe-se que o DHA é fundamental para o desenvolvimento cerebral [1], para a capacidade de trabalho e memória [2]. Como tal é crucial para a estrutura, desenvolvimento e funcionamento do cérebro. Nas grávidas por exemplo a suplementação é muito importante.

Mas porque é que é importante falar nisto?

Porque as fontes de DHA são, de certa forma, limitadas. Temos como principais fontes a linhaça, o cânhamo, os peixes e as algas. A questão é que atualmente a maioria de nós não consome o suficiente destas gorduras e as que consomem pode não ser das fontes mais adequadas. Por exemplo, os peixes já não se alimentam apenas de outros peixes, plâncton e algas, pelo contrário, frequentemente os peixes que consumimos foram alimentados com rações ricas em ómega 6 excluindo assim o tão aclamado ómega 3 do peixe. As algas também são excelentes fontes, mas para se obter o desejado teríamos que as comer com maior frequência, o mesmo se aplica às sementes!!

O.K. e qual é a consequência?

A consequência é que a deficiência de DHA está relacionada a perturbações psicológicas como a depressão e comportamentos agressivos. Por exemplo, as crianças diagnosticadas com hiperatividade ou sintomas semelhantes [3] apresentam, normalmente, níveis baixos de DHA, logo é um ponto ao qual se deve dar atenção, preferencialmente através da alimentação.

No entanto, se optarem por suplementos certifiquem-se que aquele que escolherem tenha discriminado as quantidades de EPA e DHA e com uma proporção correta: 2/3 de EPA para 1/3 de DHA:

– 500 mg de EPA+DHA são as recomendações para evitar deficiências.
– 1000mg de EPA + DHA são as recomendações para melhorar a performance.
– Nas crianças até 7 anos, o DHA é de tal forma fundamental que a suplementação deve conter 2/3 de DHA para 1/3 de EPA.

 
 

 

[1] www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22841917
[2] www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22254110
[3] www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22970149
www.esmeraldazul.com/pt/blog/mantenha-o-cerebro-activo-com-dha

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Subscrever
Notificar de
guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

1 Comentário
mais antigo
mais recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] amamentação, por exemplo, providencia uma nutrição rica em DHA para o desenvolvimento cerebral adequado e quando se adicionam alimentos sólidos, a sua qualidade […]

  • Sobre

    Sou a Vera, naturopata especializada na saúde da mulher e da criança e autora do livro Nascer e Crescer Vegetariano.

    Segue nas Redes Sociais
    Categorias
    Livros e Materiais
    Cursos e Masterclasses Online

    Todas as informações fornecidas por este website destinam-se única e exclusivamente para finalidades informativas ou educacionais, não tendo a intenção de substituir as orientações fornecidas pelo profissional de saúde ou médico, nem para serem utilizadas para diagnóstico ou tratamento clinico.

    Tens a minha autorização para utilizar os conteúdos da página da forma que quiseres.

    Conhecimento e sabedoria são recursos inesgotáveis que crescem ao serem partilhados. Todos beneficiamos com isso! No entanto, não nos responsabilizamos por nenhuma consequência direta ou indiretamente tomada com base nas informações desde website.

    Se quiseres explorar mais conhecimentos e informações em fontes credíveis e reconhecidas, clica aqui para ver a lista de recursos que recomendo.