Magnésio…por onde andas?

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

 

O Magnésio é um mineral extremamente importante para o nosso corpo.

 

É necessário em mais de 350 reações enzimáticas essenciais à vida. Age diretamente na produção de ATP, na molécula de energia do nosso corpo e está envolvido no trabalho e na formação de vários órgãos e tecidos.

 

Para teres uma ideia da sua importância, ele:

  1. Auxilia na fixação do cálcio e fósforo nos ossos e dentes.
  2. Actua como tranquilizante natural que mantém o sistema nervoso em equilíbrio, por isso é útil em casos de stress, insónias e depressão.
  3. Previne os cálculos renais porque mobiliza o cálcio.
  4. Actua como anti-ácido e como laxante.
  5. Útil nas grávidas, para prevenir partos prematuros e manter o útero relaxado.
  6. Intervém no equilíbrio hormonal e diminui as dores pré-menstruais.
  7. Essencial para a actividade do músculo cardíaco e hipertensão.

 

Como vês tem uma utilidade imensa e como é um mineral difícil de medir através de análises clínicas, pensa-se que mais de 80% da população sofre da sua deficiência, até porque é comum encontrar sintomas associados à sua carência como:

  • Irritabilidade e instabilidade emocional
  • Diminuição dos reflexos
  • Descoordenação muscular
  • Apatia e debilidade
  • Taquicardia

 

Por sua vez, a carência de magnésio contribui de forma negativa para determinadas condições clínicas como:

  • Hipertensão
  • Diabetes
  • Asma
  • Problemas cardiovasculares
  • Osteoporose
  • Cáries
  • Hipocalcemia (redução de cálcio no sangue)

 

Por fim, existem diversos factores que contribuem para a carência de magnésio, entre os mais comuns encontramos…

  • Diarreias prolongadas
  • Insuficiência renal crónica
  • Alcool e tabaco
  • Alimentação desequilibrada
  • Diabetes
  • Abuso de laxantes
  • Excesso de cálcio (diminui a absorção de magnésio – atenção à toma de suplementos de cálcio).
  • Os fosfatos presentes nas bebidas artificiais prejudicam a sua absorção.

 

Para contrariar uma possível carência de magnésio, podemo-nos socorrer de diversos alimentos como por exemplo…

  1. Folhas verdes (no meio da molécula de clorofila está o Magnésio porque a sua função passa pela obtenção da luz solar e desenvolvimento do processo de fotossíntese). A clorofila é muito semelhante à hemoglobina (uma molécula presente no nosso sangue e responsável pela oxigenação dos tecidos), a diferença entre as duas é que no centro da hemoglobina temos o ferro e no centro da clorofila temos o magnésio.
  2. Frutos secos: Sementes de abóbora, de girassol, de sésamo, amêndoas, avelãs, nozes e castanhas…
  3. Cereais: arroz integral, quinoa, amaranto…
  4. Frutas: banana, abacate, uvas…

 

Diariamente o consumo de magnésio deve-se situar nos homens nas 400mg/dia e mulheres nas 310mg/dia em idades compreendidas entre os 19 e os 30 anos. Após os 30 anos, a recomendação diária é de 420mg/dia para os homens e 320mg/dia para as mulheres.

 

Por isso lembra-te que: Um Batido Verde por Dia nem Sabe o Bem que lhe Fazia!! 😉

 

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Subscrever
Notificar de
guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Sou a Vera, naturopata especializada na saúde da mulher e da criança e autora do livro Nascer e Crescer Vegetariano.

    Segue nas Redes Sociais
    Categorias
    Livros e Materiais
    Cursos e Masterclasses Online

    Todas as informações fornecidas por este website destinam-se única e exclusivamente para finalidades informativas ou educacionais, não tendo a intenção de substituir as orientações fornecidas pelo profissional de saúde ou médico, nem para serem utilizadas para diagnóstico ou tratamento clinico.

    Tens a minha autorização para utilizar os conteúdos da página da forma que quiseres.

    Conhecimento e sabedoria são recursos inesgotáveis que crescem ao serem partilhados. Todos beneficiamos com isso! No entanto, não nos responsabilizamos por nenhuma consequência direta ou indiretamente tomada com base nas informações desde website.

    Se quiseres explorar mais conhecimentos e informações em fontes credíveis e reconhecidas, clica aqui para ver a lista de recursos que recomendo.