Plantas Adaptogénicas, as plantas da Resiliência

Vivemos tempos incertos e estamos constantemente a ser bombardeadas com fatores que nos causam stress, tanto físico como psicológico.

Esse stress, que aos poucos se vai tornando crónico, origina alterações na forma como o nosso corpo funciona, as hormonas são alteradas, os nutrientes são consumidos com maior rapidez e uma nutrição saudável, tanto externa como interna torna-se desafiante de implementar.

Sinto essas alterações em mim, na minha família, nos meus amigos e na minha prática clínica, ou seja, não é algo pontual, é sim uma situação que se está a tornar bastante preocupante para o futuro da saúde em geral. E por isso, quero partilhar contigo, as ferramentas que aplico para as gerir.

Como naturopata, além das plantas medicinais fazerem parte do meu dia a dia profissional, também fazem parte da minha vida e embora a paixão que sinto pela generalidade das plantas medicinais ser imensa, as minhas favoritas são as plantas adaptogénicas, as plantas da resiliência.

As plantas adaptogénicas são usadas há décadas pela sua capacidade de gerar bem-estar, o que as torna ainda mais essenciais para controlar o stress do século XXI. Estas plantas notáveis possuem uma capacidade única de ajudar o nosso corpo a lidar com os altos e baixos da vida com maior facilidade.

 

O que são plantas adaptogénicas?

As plantas adaptogénicas são plantas que possuem a capacidade de apoiar, de forma suave a resposta do corpo ao stress. Quer o stressor seja externo (dinheiro, família) ou interno (cansaço, falta de sono), as plantas adaptogénicas estão lá para nos ajudar.
O que realmente diferencia as plantas adaptogénicas das outras plantas é o facto delas nos ajudarem, estejamos nós da forma que estivermos, agindo de acordo com o que precisamos, ou seja, se estivermos em baixo, estas plantas ajudam-nos a levantar o ânimo, se estamos demasiado “ligados”, numa espiral de acontecimentos, elas ajudam-nos a acalmar, a aterrar. Como é possível não amar esta categoria de plantas?

 

Não importa em que lado estamos, ou para onde vamos, as plantas adaptogénicas trazem-nos de volta ao equilíbrio, oferecendo-nos o auxílio de que tanto precisamos.

 

Tenho observado ao longo dos mais de dez anos de experiência profissional, o impacto que estas plantas podem ter na vida de uma pessoa, aliás falando na primeira pessoa, foi graças às plantas adaptogénicas que consegui gerir melhor a minha ansiedade e têm sido o meu aliado mais fiel em momentos desafiantes da minha vida. Aqui está um resumo das minhas favoritas.

 

1. Ashwagandha (Withania somnifera)

O meu número um. A ashwagandha é considerada a planta adaptogénica mais calmante de todas. Ashwagandha tem vindo a apresentar evidências do seu efeito. Um estudo prospetivo de 2012, demonstrou que o extrato de raiz de Ashwagandha é eficaz na melhoria da resistência ao stress, melhorando, assim, a sua qualidade de vida. (Chandrasekhar, K., et al., 2012)
Um outro estudo de 2019, mostrou a eficácia da Ashwagandha na redução do stress e da ansiedade, uma acção que a maioria de nós necessita urgentemente. (Salve, J., 2019)

 

Plantas Adaptogénicas, as plantas da Resiliência

 

 

2. Ginseng (Panax ginseng) e Ginseng Americano (Panax quinquefolius)

Existem várias espécies de ginseng, mas o panax ginseng e o ginseng americano são as espécies que mais se utilizam nas formulações fitoterápicas.

Ambas são plantas adaptogénicas com um longo historial de uso e a investigação realizada sobre estas plantas têm vindo a demonstrar aquilo que já sabíamos de forma empírica, ou seja, através do conhecimento passado pelos nossos ancestrais.

A investigação mostra que o ginseng (ambas as espécies), têm propriedades adaptogénicas direcionadas para a melhoria dos estados de humor, energia e na modelação do sistema imunitário, tornando-nos mais resistentes. (Mancuso, C., & Santangelo, R., 2017)

 

Plantas Adaptogénicas, as plantas da Resiliência

 

3. Reishi (Ganoderma lucidum)

Reishi, às vezes chamado de “o cogumelo da imortalidade”, era muito valorizado pelos monges taoístas, que usavam o reishi para promover a calma, melhorar a prática da meditação e sustentar uma vida longa e saudável. Permanece altamente reverenciado no TCM e ganhou fama mundial por sua capacidade de apoiar a saúde imunológica e o bem-estar geral. (Hsieh TC., 2011)

 

4. Rodiola (Rhodiola rosea)

Esta planta é tradicionalmente usada na Rússia e nos países escandinavos há séculos – os vikings confiavam nela para permanecer saudável durante longas viagens no mar e para obter energia e foco antes da batalha. Muitas vezes considerado um dos adaptogénios mais estimulantes; estudos científicos mostram que a rodiola ajuda a fornecer energia, humor e uma resposta imunológica saudável.

Um estudo de 2017 demonstrou que os extratos de Rhodiola rosea e o salidrosídeo são agentes quimiopreventivos, que além da atividade anticancerígena e anti-inflamatória, também fortalecem ou estimulam as funções fisiológicas normais, como imunidade, resposta ao stress e manutenção do DNA. (Li, Y., et. al, 2017)

 

Como saber qual é a melhor planta adaptogénica para ti?

Cada planta adaptogénica é única, sendo que umas são mais estimulantes, enquanto outras são mais sedativas. Algumas apoiam o sistema imunitário, enquanto outras promovem um sono reparador.

O segredo está em encontrares aquela que vai ao encontro das tuas necessidades atuais e reivindicares a tua resiliência, pois é em ti que ela está.

 

 

 

 

 

• Chandrasekhar, K., Kapoor, J., & Anishetty, S. (2012). A prospective, randomized double-blind, placebo-controlled study of safety and efficacy of a high-concentration full-spectrum extract of ashwagandha root in reducing stress and anxiety in adults. Indian journal of psychological medicine, 34(3), 255–262. https://doi.org/10.4103/0253-7176.106022

• Salve, J., Pate, S., Debnath, K., & Langade, D. (2019). Adaptogenic and Anxiolytic Effects of Ashwagandha Root Extract in Healthy Adults: A Double-blind, Randomized, Placebo-controlled Clinical Study. Cureus, 11(12), e6466. https://doi.org/10.7759/cureus.6466

• Mancuso, C., & Santangelo, R. (2017). Panax ginseng and Panax quinquefolius: From pharmacology to toxicology. Food and chemical toxicology : an international journal published for the British Industrial Biological Research Association, 107(Pt A), 362–372. https://doi.org/10.1016/j.fct.2017.07.019

• Wachtel-Galor S, Yuen J, Buswell JA, Benzie IFF. Ganoderma lucidum (Lingzhi or Reishi): A Medicinal Mushroom. In: Benzie IFF, Wachtel-Galor S, eds. Herbal Medicine: Biomolecular and Clinical Aspects. 2nd ed. Boca Raton (FL): CRC Press/Taylor & Francis; 2011.

• Hsieh TC, Wu JM. Suppression of proliferation and oxidative stress by extracts of Ganoderma lucidum in the ovarian cancer cell line OVCAR-3. Int J Mol Med. 2011;28(6):1065‐1069. doi:10.3892/ijmm.2011.788

• Li, Z., Shi, Y., Zhang, X., Xu, J., Wang, H., Zhao, L., & Wang, Y. (2020). Screening Immunoactive Compounds of Ganoderma lucidum Spores by Mass Spectrometry Molecular Networking Combined With in vivo. Zebrafish Assays. Frontiers in pharmacology, 11, 287. https://doi.org/10.3389/fphar.2020.00287

• Li, Y., Pham, V., Bui, M., Song, L., Wu, C., Walia, A., Uchio, E., Smith-Liu, F., & Zi, X. (2017). Rhodiola rosea L.: an herb with anti-stress, anti-aging, and immunostimulating properties for cancer chemoprevention. Current pharmacology reports, 3(6), 384–395. https://doi.org/10.1007/s40495-017-0106-1

Subscrever
Notificar de
guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Sou a Vera, naturopata especializada na saúde da mulher e da criança e autora do livro Nascer e Crescer Vegetariano.

    Segue no Facebook
    Categorias
    Livros e Materiais
    Cursos e Masterclasses Online

    Todas as informações fornecidas por este website destinam-se única e exclusivamente para finalidades informativas ou educacionais, não tendo a intenção de substituir as orientações fornecidas pelo profissional de saúde ou médico, nem para serem utilizadas para diagnóstico ou tratamento clinico.

    Tens a minha autorização para utilizar os conteúdos da página da forma que quiseres.

    Conhecimento e sabedoria são recursos inesgotáveis que crescem ao serem partilhados. Todos beneficiamos com isso! No entanto, não nos responsabilizamos por nenhuma consequência direta ou indiretamente tomada com base nas informações desde website.

    Se quiseres explorar mais conhecimentos e informações em fontes credíveis e reconhecidas, clica aqui para ver a lista de recursos que recomendo.