Plantas medicinais na prevenção do cancro

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

As plantas têm sido utilizadas ao longo da história como terapia para várias condições de saúde, reduzindo a probabilidade de desenvolver doenças, incluindo o cancro.

 

Felizmente esse conhecimento empírico tem vindo a ser confirmado pela ciência, que apoiam quase todas as alegações terapêuticas das plantas que passaram de geração em geração.

O chá verde (Camellia sinensis) é um exemplo de uma dessas plantas.

É uma bebida muito popular no Japão e na China. Da planta Camellia sinensis obtemos o chá verde, o chá branco, o chá Oolong e o chá preto.

A sua designação difere consoante o tipo de processamento/fermentação a que é sujeita a planta. Por exemplo, o chá verde é obtido das folhas frescas da Camellia sinensis, já o chá preto passa por um processo de oxidação.

O chá verde contém muitos compostos bioativos, ou seja, compostos que agem de forma específica no nosso corpo. Estes compostos incluem a cafeína, os polifenóis do chá e os compostos voláteis.

Os polifenóis são compostos bioativos da planta onde se incluem as catequinas, que se acredita serem responsáveis por muitos dos benefícios atribuídos ao chá verde.

A catequina mais ativa e abundante no chá verde é conhecida como epigalocatequina-3-galato (EGCG), mas também existe outra, a epigalocatequina (ECG).

Ambas têm uma elevada atividade antioxidante, neutralizando os radicais livres presentes no nosso organismo [Biochem Pharmacol. 2011].

Esta atividade é verdadeiramente importante porque um radical livre é uma molécula reativa que pode danificar estruturas importantes nas células, como o ADN e as proteínas.

Assim, atualmente considera-se que a planta Camellia sinensis, nomeadamente no que diz respeito ao chá verde tem a capacidade de:

• Retardar ou impedir o crescimento de células cancerígenas [J Exp Clin Cancer Res. 2010, Int J Oncol. 2008]

• Bloquear a formação de novos vasos sanguíneos necessários para nutrir as células tumorais [J Nutr. 2002];

Devido à sua segurança e a numerosas propriedades anti-cancerígenas, é aconselhável consumir duas a três chávenas de chá verde biológico e na forma de planta (não em saqueta) diariamente.

 

O Dente-de-leão (Taraxacum officinale) é outro exemplo de planta medicinal de extrema utilidade na prevenção do cancro.

 

Esta planta é habitualmente utilizada no tratamento de infecções, inflamações, para aumentar o fluxo biliar e corrigir problemas hepáticos. Também possui um efeito laxativo suave e é benéfica no que diz respeito à digestão e ao apetite.

Recentemente, estudos demonstraram que os extratos da flor do dente-de-leão, das folhas e da raiz contêm compostos bioativos com potenciais propriedades anti-cancerígenas.

Num desses estudos, o extrato da raiz do dente-de-leão demonstrou conseguir matar células cancerígenas pancreáticas agressivas, resistentes ao tratamento, sem danificar as células não-cancerígenas [Pancreas. 2012 Oct].

Outro cancro que é resistente ao tratamento é a leucemia mielomonocítica crónica (LMMC).

O extrato de raiz de dente-de-leão demonstrou matar seletivamente as células LMMC, sugerindo que esta planta tem um grande potencial como complemento eficaz ao tratamento convencional [PLoS One. 2012].

O extrato da raiz do dente-de-leão também demonstrou ser capaz de matar as células do melanoma (cancro da pele), também sem prejudicar as células não-cancerígenas [Evid Based Complement Alternat Med. 2011].

 

É importante lembrar que estes estudos foram realizados em células isoladas e em condições laboratoriais. Para se saber ao certo a sua eficácia é necessário que sejam feitos testes clínicos em humanos.

No entanto, podes beber 2 chávenas de infusão de raíz de dente de leão (biológico) por dia como terapia preventiva.

 

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Subscrever
Notificar de
guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Sou a Vera, naturopata especializada na saúde da mulher e da criança e autora do livro Nascer e Crescer Vegetariano.

    Segue nas Redes Sociais
    Categorias
    Livros e Materiais
    Cursos e Masterclasses Online

    Todas as informações fornecidas por este website destinam-se única e exclusivamente para finalidades informativas ou educacionais, não tendo a intenção de substituir as orientações fornecidas pelo profissional de saúde ou médico, nem para serem utilizadas para diagnóstico ou tratamento clinico.

    Tens a minha autorização para utilizar os conteúdos da página da forma que quiseres.

    Conhecimento e sabedoria são recursos inesgotáveis que crescem ao serem partilhados. Todos beneficiamos com isso! No entanto, não nos responsabilizamos por nenhuma consequência direta ou indiretamente tomada com base nas informações desde website.

    Se quiseres explorar mais conhecimentos e informações em fontes credíveis e reconhecidas, clica aqui para ver a lista de recursos que recomendo.