Plantas medicinais que deves evitar na amamentação

Plantas Medicinais que deves EVITAR durante a amamentação

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

 

Muitas mulheres-mães me questionam sobre quais as plantas medicinais (fitoterápicos) que podem usar durante a amamentação.

 

Existem diversas plantas que, de facto, são seguras durante o período de aleitamento materno, mas também existem muitas outras que não o são.

Reparem, embora uma planta medicinal seja “natural” ela não está imune de representar um risco para a saúde, principalmente em fases mais sensíveis das nossas vidas como na gravidez, na amamentação e na infância.

 

Tudo o que ingerimos, desde um alimento, uma planta medicinal ou um medicamento provoca uma reacção química no nosso corpo.

 

O que difere um alimento ou uma planta de um medicamento é um facto de um não ser sintético e o outro ser.

A grande vantagem é que os “químicos” não sintéticos têm um potencial de risco para a saúde muito mais pequeno do que os sintéticos, mas esse risco, mesmo que pequeno, continua a existir. Logo, durante a amamentação deves ter alguma cautela e para te ajudar, deixo aqui as plantas que NÃO DEVES INGERIR enquanto estiveres a amamentar.

 

 

Plantas medicinais que deves evitar na amamentação

 

  • Alcanet (Alkanna tinctoria)
  • Aloe vera (Aloe vera, A. ferox, A. perryi)
  • Alho (Allium sativum) – Só não é recomendado em extracto. Podes usar à vontade na comida.
  • Alcaçuz (Glycyrrhiza glabra)
  • Bodelha (Fucus vesiculosus)
  • Boragem (Borago officinalis)
  • Cimicifuga (Cimicifuga racemosa)
  • Confrei (Symphytum officinale)
  • Cáscara sagrada (Rhamnus purshiana)
  • Efedra, ma huang (Ephedra sinica)
  • Helénio, erva-campeira (Inula helenium)
  • Losna, Absinto (Artemisia absinthium)
  • Licopus (Lycopus virginicus)
  • Manjericão (Ocimum basilicum) – Uso apenas culinário
  • Ruibarbo (Rheum palmatum)
  • Rainha-do-Prado (Eupatorium purpureum)
  • Samambaia (Dryopteris filix-mas)
  • Senna Alexandrina (Senna alexandrina)
  • Tussilagem, Língua de vaca (Tussilago farfara)

 

Agora que já conheces quais as Plantas medicinais que deves evitar na amamentação, já podes usufruir das maravilhas que a fitoterapia te pode trazer neste momento tão especial que estás a viver.

 

 

 

 

Fonte: Botanical Safety Handbook (CRC, 1997)

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Subscrever
Notificar de
guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

2 Comentários
mais antigo
mais recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] no blog já vos falei sobre as plantas medicinais que deves evitar durante a amamentação, agora venho falar-te sobre as que podes usar para que te ajudem nesta caminhada maravilhosa pelo […]

trackback

[…] no blog já vos falei sobre as plantas medicinais que deves evitar durante a amamentação, agora venho falar-te sobre as que podes usar para que te ajudem nesta caminhada maravilhosa pelo […]

  • Sobre

    Sou a Vera, naturopata especializada na saúde da mulher e da criança e autora do livro Nascer e Crescer Vegetariano.

    Segue nas Redes Sociais
    Categorias
    Livros e Materiais
    Cursos e Masterclasses Online

    Todas as informações fornecidas por este website destinam-se única e exclusivamente para finalidades informativas ou educacionais, não tendo a intenção de substituir as orientações fornecidas pelo profissional de saúde ou médico, nem para serem utilizadas para diagnóstico ou tratamento clinico.

    Tens a minha autorização para utilizar os conteúdos da página da forma que quiseres.

    Conhecimento e sabedoria são recursos inesgotáveis que crescem ao serem partilhados. Todos beneficiamos com isso! No entanto, não nos responsabilizamos por nenhuma consequência direta ou indiretamente tomada com base nas informações desde website.

    Se quiseres explorar mais conhecimentos e informações em fontes credíveis e reconhecidas, clica aqui para ver a lista de recursos que recomendo.