Proteína C-reactiva e a Inflamação

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

 

A inflamação silenciosa é uma combustão lenta que vai alterando o nosso organismo durante vários anos, até serem visíveis as suas consequências no desenvolvimento de doenças degenerativas.

 

Todas as doenças crónicas degenerativas como as doenças cardiovasculares, as neurológicas e as osteoarticulares começam com inflamação, um processo inflamatório que não se sente mas que se vai desenvolvendo à socapa ao longo da nossa vida, arrastando com ela a saúde das estruturas dos tecidos e diminuindo a capacidade funcional dos mesmos.

 

Por isso é importante avaliar os nossos marcadores inflamatórios e um dos melhores métodos é pela análise do PCR.

 

O PCR, ou a Proteína C Reactiva é uma das mais sensíveis análises sanguíneas que indica a existência ou não de inflamação sistémica.

A proteína C-reactiva é produzida no fígado, sendo a sua concentração sanguínea muito baixa nas pessoas saudáveis. Já nas pessoas mais idosas, o valor pode subir ligeiramente.

Quando há um processo inflamatório, o fígado aumenta a produção da proteína C-reactiva e o valor da sua concentração sanguínea eleva-se, por isso, qualquer que seja a causa da inflamação dá-se sempre um aumento da PCR sanguínea, no entanto, não nos permite conhecer qual o local ou a causa dessa inflamação.

 

Valor Padrão da PCR: até 0.1 mg/dL ou 1mg/L

 

Sabemos então que quando os valores da PCR estão:

  • Entre 0.1mg/dL e 1,0 mg/dL, significa que os valores estão moderadamente elevados e estão associados a ligeiros processos inflamatórios sistémicos ou localizados.
  • PCR superior a 1,0 mg/dL: São valores muito elevados e costumam indicar inflamações frequentemente associadas a infecções bacterianas agudas.

 

Mas assim como é que sabemos se estamos com um processo inflamatório crónico ou agudo?

 

Quando a PCR está elevada durante um processo inflamatório agudo, o seu valor acompanha o evoluir da doença, tanto no seu agravamento como na sua resolução, ou seja, depois da pessoa recuperar a saúde, após um período de alguns dias, os valores elevados começam a descer e retomam aos níveis normais.

Mas quando a PCR se mantém elevada – entre 0,3 e 1,0 mg/dL – esse facto revela a presença de um processo inflamatório crónico. Quando se obtém acesso a este resultado podemos analisar a congénere da proteína C-reactiva, refiro-me à proteína C-reactiva de alta sensibilidade – PCR-as.

Esta análise é importante para avaliar o risco cardiovascular derivado de uma inflamação silenciosa e é considerada neste momento um biomarcador de risco para doença coronária.

 

Valores de PCR-as para risco cardiovascular (mg/L)

Baixo risco inferior a 1 mg/L

Risco intermédio entre 1- 3 mg/L

Risco elevado superior a 3 mg/L

Sendo a inflamação silenciosa um mecanismo comum ao desenvolvimento insidioso da generalidade das doenças crónicas degenerativas, a medição dos níveis de PCR e de PCR-as pode-nos ajudar a ter uma visão mais clara sobre o que se passa no nosso corpo e tomarmos todas as providências necessárias para não permite que avance mais, recuperando assim a nossa saúde e bem-estar.

 

 

  • www.elsevier.pt/pt/revistas/-/artigo/proteina-c-reativa-alta-sensibilidade-como-biomarcador-risco-S0870255112001953
  • http://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMra043430
  • http://n.neurology.org/content/73/18/1434.short
  • http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1365-2990.2012.01307.x/full
  • http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/ana.10265/abstract;jsessionid=2F2C49B6AF7A7BC72D488E7979AFA6B6.d03t04?deniedAccessCustomisedMessage=&userIsAuthenticated=false
  • http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1196/annals.1322.001/abstract;jsessionid=AB2F8CD0EEEAC5D58D959935B7570B80.d04t02?deniedAccessCustomisedMessage=&userIsAuthenticated=false
  • http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1365-2990.2012.01307.x/full
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Subscrever
Notificar de
guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Sou a Vera, naturopata especializada na saúde da mulher e da criança e autora do livro Nascer e Crescer Vegetariano.

    Segue nas Redes Sociais
    Categorias
    Livros e Materiais
    Cursos e Masterclasses Online

    Todas as informações fornecidas por este website destinam-se única e exclusivamente para finalidades informativas ou educacionais, não tendo a intenção de substituir as orientações fornecidas pelo profissional de saúde ou médico, nem para serem utilizadas para diagnóstico ou tratamento clinico.

    Tens a minha autorização para utilizar os conteúdos da página da forma que quiseres.

    Conhecimento e sabedoria são recursos inesgotáveis que crescem ao serem partilhados. Todos beneficiamos com isso! No entanto, não nos responsabilizamos por nenhuma consequência direta ou indiretamente tomada com base nas informações desde website.

    Se quiseres explorar mais conhecimentos e informações em fontes credíveis e reconhecidas, clica aqui para ver a lista de recursos que recomendo.